4 atitudes para tornar seu ano mais leve e feliz


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

 

Toda vez que janeiro se inicia, bate lá dentro aquela vontade de fazer diferente, de melhorar o que não foi tão bom no ano que passou, colocar uma energia a mais para realizar o que a gente quer.

Delícia a sensação de poder se renovar e se reinventar. Para quem tem filhos e viu a vida mudar muito desde que se tornou mãe, coisas para ajustar não faltam! E conforme eles vão crescendo, há cada vez mais novidades. A maternidade nos transforma por inteiro. Por dentro e por fora. Transforma a rotina, os sentimentos, as preocupações, os projetos de vida… Muitas vezes, aliás, a vida vai transformando antes fazendo com que a gente corra atrás. Acertando, errando, se doando por inteiro, buscando o próprio jeito de ser mãe.

Para tudo isso dar ainda mais certo em 2016, você precisa estar bem com você. Quando a gente se cuida – da mente, do corpo, da alma e das nossas realizações – fica mais inteira, inspirada e motivada para cuidar dos nossos filhos (e de todo o resto!). Aqui vai uma lista com quatro atitudes que podem ajudar você a ficar mais estruturada para tirar 2016 de letra:

1- Ter um momento só para você  Mãe é mãe 24 horas por dia, 365 dias por ano – e no caso deste, que é bissexto, 366. E você, além de mãe, tem mais um monte de papeis, não é mesmo? Sem falar que, na maioria das vezes, tem que resolver tudo ao mesmo tempo agora! Para manter o equilíbrio, colocar as ideias em ordem, e voltar ao seu eixo, minha sugestão é ter um momento só para si. Para algumas pessoas pode parecer impossível se dar a esse luxo. Pra mim já pareceu. Mas eu garanto que é possível encaixar nem que sejam 30 minutos por semana na sua rotina para fazer algo unicamente para se mimar. Uma meditação, um cinema, um curso de idiomas, uma massagem, um encontro com as amigas… Mas tem que ser algo que você vá fazer por puro prazer, sem a preocupação com o desempenho.

2- Passar a bola Não significa assinar atestado de “incapaz de dar conta sozinha”. Tem mais a ver com tirar de vez a fantasia de super mulher e se livrar daquela sensação de que nada funciona sem você. Ok, nem tudo vai sair exatamente do seu jeito, mas você se acostuma e vai curtindo essa história de não carregar mais o mundo nas costas. Crianças precisam de mãe, pai, avó e avô, tia e tio, babá, madrinha, amiga querida que ama bebês… No trabalho, quando você começa a delegar, abre espaço para trazer novidades e crescer.  Só não dá pra terceirizar alguém pra cuidar do marido! rsrsrs

3- Fazer as pazes com seu corpo Claro que a gente tem mais é que cuidar de si e tem todo o direito de desejar que o corpo fique cada vez melhor – e correr atrás disso. Está cheio de mulheres maduras muito mais lindas e saudáveis hoje do que quando tinham 20 anos. Mas assim como é ótimo estar de bem com o espelho, também é ótimo ter a consciência de você é muito mais que um corpinho bonito. E se valorizar por isso.

4- Passar mais tempo com as pessoas queridas No meio de tanta correria, muitas vezes a gente deixa de lado aqueles momentos com as pessoas que a gente ama. Fica só nas curtidas no Facebook. Mas nunca pode parar para um café, para um papinho… A vida passa correndo e vai perdendo o sentido. Resgatar isso traz mais felicidade, mais bem-estar e deixa a vida mais leve. Esse texto, aliás, foi escrito com essa intenção. De desejar que 2016 seja mais leve para você!

Um beijo,

Dani Folloni

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Data da postagem: 11 de janeiro de 2016

Tags: , , , , , ,

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)