Como falar de tragédias com as crianças


Natália Folloni
por: Natália Folloni
(foto: freeimages) (foto: freeimages)

 

Contar para as crianças que alguma coisa ruim aconteceu não é uma tarefa fácil, mas necessária na maioria das vezes. Especialmente nos dias de hoje, onde não faltam notícias ruins, dificilmente seu filho ficará por fora de tragédias como ataques terroristas e acidentes ambientais, só para dar alguns exemplos recentes. A psicóloga e psicopedagoga clínica Ana Cássia Maturano explica como fazer isso da melhor maneira possível, na medida certa.

Não é preciso esconder

As notícias ruins acabam chegando a elas inevitavelmente – por meio da mídia ou de outra pessoa. Quem já não ouviu “o meu amigo me contou…”? Informar os pequenos sobre os fatos do dia a dia, portanto, ajuda-os a formar um senso crítico.

Deixe que elas perguntem

Se na sua casa há espaço para o diálogo, seu filho naturalmente vai lhe fazer perguntas sobre tudo, inclusive sobre coisas ruins. Então, esteja aberta e preparada para ouvir questionamentos e explicar aquilo que é necessário, de acordo com a idade e o entendimento dele. Jamais diga à criança que aquilo é assunto apenas de adultos, pois a recusa em respondê-la pode gerar fantasias. A conversa é uma boa maneira de fazer com que ela se torne um adulto cauteloso, aliás.

Converse de maneira simples, sem assustá-la

Ter cuidado na hora de contar o que aconteceu é fundamental para evitar traumas e o desenvolvimento de fobias. Proteja seu filho de imagens fortes na internet ou na TV, na medida do possível. Mas explicar cada detalhe não é necessário – se nem os adultos conseguem entender certos assuntos, que dirá as crianças. Sobre os atentados em Paris, por exemplo, não há razão para entrar falar de política, terrorismo, fanatismo, etc. Basta contar o caso e que existem pessoas ruins infelizmente.

  • Natália Folloni

    Nossa repórter adora crianças e acredita que uma mulher pode ser a melhor mãe do mundo sem abrir mão de sentir-se linda e realizada

Data da postagem: 27 de novembro de 2015

Tags: , , , , ,

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)