Como mudar os hábitos sem stress!


Lêda Zoéga Parolo
por: Lêda Zoéga Parolo
Psicóloga clínica com foco na psicologia positiva aliada à tradicional

Anote, na agenda, em algum lugar, aquilo que deseja mudar. Fazer exercícios? Ler mais? Não importa. Você só precisa de uma forma de monitorar o que deseja para não acabar ficando sempre “para amanhã” (imagem: 123TRF)

Gretchen Rubin, autora de “Better than Before”, em uma entrevista a Cassie Mogilner (Setembro, 2015), fala da importância de você se conhecer para mudar um hábito. E o que ela disse fez total sentido para mim.

Escutamos diariamente técnicas para mudar um hábito, como por exemplo para iniciar e manter uma dieta, para fazer exercícios 3 vezes por semana, e que acordar cedo faz bem …… Bom, isso tudo só lhe fará bem se for uma verdade para você. Acordar cedo é bom, mas nem todos são “matutinos”, e o que poderia ser positivo, vira uma sacrifício…. será que vale a então dá resultado?

Uma dificuldade que muitas pessoas apresentam é como gerenciar esse seu desejo de mudança na rotina e hábitos, com a família. Mas você já tentou organizar isso ou é apenas uma desculpa que impede que você comece a sua nova fase?

A questão que Rubin coloca é: O que é verdade para você?

Aqui estão algumas dicas de como cultivar o bom hábito, mas que façam sentido para você:

  1. Anotar a semana na agenda, o que precisa fazer – a organização do tempo, visualmente, ajuda a fazer o tempo render e a criar novos hábitos.

 

  1. Monitoramento –não só o anotar o que deve ser feito, mas o que já foi feito também ajuda a fazer funcionar a mudança de hábito. Anote, na agenda, em algum lugar, aquilo que deseja mudar. É fazer exercícios? Ler mais? Não importa, mas se você não tiver uma forma de monitorar o que está sendo feito, acaba a semana, o mês, e isso “ficou para amanhã”. Hoje em dia os planners mensais ajudam muito. Eles nos dão a visão das atividades feitas e…. as não feitas.

 

  1. Se você tiver que fazer algo que não gosta, como organizar armário, ginástica, ou outra coisa, faça-o junto com algo que lhe dê prazer, como escutar música ao mesmo tempo.

 

  1. Tenha pequenas metas, mas que possam ser realizáveis. Planejar algo que dificilmente você fará, pode levar a uma frustração, sensação de falha.

 

  1. Facilite sua vida. Deixe à mão o que você vai precisar para a sua mudança de hábito. Se é fazer exercícios de manhã, deixe sua roupa e tênis separados, se é um bom café da manhã, deixe a mesa posta e os alimentos fáceis de serem usados.

 

Então pense: como você usa seu tempo? O que você quer que seja verdade para você?

Cultivar novos hábitos, novas mudanças, nos leva a uma nova fase cheia de descobertas. Experimente essa sensação!!

 

OLHA SÓ OS PRODUTOS E SERVIÇOS QUE SÃO A CARA DAS IT-MÃES

  • Lêda Zoéga Parolo

    Psicóloga clínica e mãe de Caio, tem foco na psicologia positiva aliada à psicologia tradicional. Com grande experiência na área clínica, atende crianças, adolescentes e adultos.

Data da postagem: 24 de abril de 2019

Tags: , , , ,

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)