Inhotim com crianças – 7 motivos para visitar

Visitar Inhotim com crianças foi surpreendente para a Re Sucena! Fazia tempo que ela queria conhecer o museu e não sabia muito bem como seria com seu filho, foi sucesso total!


por: Renata Sucena
Autora do blog Viagem em Detalhes e mãe do Gabriel

Visitar Inhotim com crianças foi surpreendente! Já fazia tempo que eu queria conhecer o museu e não sabia muito bem como seria com meu filho, já que as distâncias são bem grandes.

Gabriel gostou tanto que ele teve que fazer uma apresentação na escola sobre qualquer assunto e escolheu falar de Inhotim. Foi sucesso absoluto.

Vou listar aqui 7 motivos para visitar Inhotim com as crianças:

1. Passeio de carrinho elétrico

A diversão já começa no carrinho. O parque oferece 2 opções de transporte, feitas naqueles carrinhos de Golf.

Inhotim com crianças

Isso foi uma das coisas que contribuiu muito para o bom andamento do passeio. Criança cansa rápido e quando começam a reclamar aí não aproveitam mais nada, né?

Você pode usar o transporte que tem rotas pré-determinadas, e custa R$30 por pessoa e criança até 5 anos não paga. Ou, a opção do serviço exclusivo, que custa R$500 para o dia todo, ou R$200 a hora. Falo mais sobre Como conhecer Inhotim em 1 dia, nesse post.

O transporte funciona de terça a sexta das 10h às 16h e finais de semana e feriados das 10h às 17hEu recomendo reservar antecipadamente com a Belvitur, agência parceira, caso você planeje fazer o passeio exclusivo.

2. Pular em colchões

Na Galeria Cosmococa, de Hélio Oiticica, vocês encontrarão 5 salas com experiências multisensoriais. Foi nossa primeira parada. Gabriel aproveitou amou pular nos colchões, ver projeções na parede e colocar a mão na água em uma das piscinas.

Inhotim com crianças

Essa piscina foi a sensação, fica no escuro, tem luzes e muda de cor.  Tava frio, mas no calor dá pra entrar na piscina, eles tem armários para guardar as coisas e toalhas.

Inhotim com crianças - piscina Cosmococa

Nosso guia logo já nos disse o que as crianças mais gostavam, então dado que teríamos que deixar de fora algumas obras, pois era impossível fazer tudo em um dia só. Focamos nas que ele julgou mais interessante para o Gabriel.

3. Montar o nome com vasinhos

Essa foto é um clássico de quem visita Inhotim. E as crianças curtem demais!

Vasinhos Inhotim

Fica numa área linda do parque, e ele curtiu procurar cada letra, montar no chão. Essa obra de Marilá Dardot é uma das mais conhecidas de Inhotim.

A proposta do seu trabalho é plantar palavras, semear ideias. Adorei o propósito, encaixou perfeitamente com o lugar.

4. Ouvir o som da terra

Ouvir o som da terra, deixou ele animado e curioso para continuar a visita depois do almoço. Essa é uma das instalações que ficam mais distantes da entrada do parque. Principalmente nessa hora a vantagem do carrinho elétrico ficou bem evidente.

O centro da Terra

A obra chamada de Sonic Pavillion, de Doug Aitken, foi resultado de 5 anos de pesquisa.

Foi aberto um furo de 200  metros de profundidade no solo, para nele instalar uma série de microfones e captar o som da Terra. Este som é transmitido em tempo real, por meio de um sofisticado sistema de sonorização no interior de um pavilhão de vidro, vazio e circular como você vê na foto acima.

Apesar de ter sido o que o Gabriel mais ficou animado em conhecer, não foi o que ele mais gostou. O que eu achei mais interessante foi a oportunidade de despertar a curiosidade, poder imaginar o que seria. Depois toda a experiência gerou muito assunto, conversamos imaginando o tamanho da terra, o que tem dentro, porque faz barulho…

Inhotim com crianças

O contato das crianças com a arte produz resultados inesperados e muito interessantes. Deixar a imaginação deles fluir nesses passeios é uma delícia.

5. Ver um trator Gigante

Voltando do Som da Terra, faça uma paradinha no Trator Gigante que carrega uma árvore. Essa obra de Matthew Barney impressiona. Claro que o Gabriel queria mesmo era entrar no trator.

Fica perto do Som da Terra, passe por lá quando tiver voltando.

Trator gigante Inhotim

 

6. Olhar através de um Caleidoscópio Gigante

Esse foi um dos meus preferidos, e essa foto linda foi feita observando Gabriel e vovó pelo caleidoscópio.

Inhotim com crianças

A obra chama The viewing machine, do artista Olafur Eliasson. É um caleidoscópio enorme que fica virado para uma área verde linda do parque, quando fomos o céu era bem azul e compunha imagens lindas.

Eu que não queria sair de lá. Uma enorme brincadeira e ótimas fotos.

7. Visitar a sala vermelha

Outra famosa obra que foi uma das que o Gabriel mais gostou. O nome da obra é Desvio para o vermelho, é de Cildo Meirelles. Nada mais é do que uma sala onde tudo é vermelho, as paredes, mesas, cadeiras, tapetes.

Gabriel ficou olhando cada detalhe, dentro da geladeira, os enfeites, a mesa, o chão, tudinho vermelho.

Inhotim com crianças

 

Citei aqui algumas das coisas que o Gabriel mais curtiu, e o que eu sugiro ver em Inhotim com crianças, mas tem muitas outras obras incríveis por lá. O mais interessante de tudo isso, foi que esse passeio ficou guardado na memória. Uma experiência prazeirosa de contato com a arte e natureza.

Espero que tenham gostado e despertado a curiosidade em conhecer Inhotim com as crianças. Nós ficamos hospedados em Belo Horizonte e alugamos um carro até Brumadinho, não é difícil o acesso. No Blog tem mais dicas, e o Roteiro de nossa viagem para Minas Gerais, que incluiu Tiradentes, São João del Rey, BH e Capitólio.

Mais um pouco sobre Inhotim

O Instituto Inhotim começou a ser idealizado na década de 80 por Bernardo de Mello Paz. Uma propriedade privada que se transformou em um dos maiores acervos de arte moderna a céu aberto.

Ocupa uma área de 285 hectares, que equivale a quase o mesmo número em campos de futebol, pra dar uma ideia do tamanho. Sendo que 140 são de área de visitação e os outros 145 são área de Reserva do Patrimônio Natural com mais de 5 mil espécies de plantas.

Inhotim com crianças

Ele fica na cidade de Brumadinho, a aproximadamente 60 km de Belo Horizonte. Infelizmente na cidade onde ocorreu em 2019 um dos piores desastres ambientais e uma tragédia que causa muita tristeza.

Felizmente Inhotim não foi atingido diretamente pela lama. Mas como a maioria de seus funcionários e colaboradores mora nas redondezas, muitos foram impactados com a tragédia. Com certeza algo que nunca será esquecido. A melhor forma de ajudar é continuar a visitar Inhotim e ajudá-los a manter essa beleza e continuar gerando empregos para as pessoas na região.

Recomendo muito Inhotim com crianças e fico esperando vocês me contarem suas experiências!!

Vejam outros Posts que já fiz para o It Mãe:

Europa com crianças – Como planejar sua viagem
Como planejar uma viagem em família em 7 passos
7 coisas de graça pra fazer na Disney

Aproveite e acompanhe o Viagem em Detalhes também pelas redes sociais.

 

  • Renata Sucena

    Administradora e mãe do Gabriel de 9 anos, trabalhou por 15 anos em marketing em instituições financeiras. Buscando unir duas de suas paixões, viagens e fotografia, criou o blog Viagem em Detalhes.

Data da postagem: 2 de agosto de 2019

Tags: , , ,

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)