Patrícia Maldonado: “Escolhi ser mãe e sei que faz parte abrir mão da liberdade que tinha antes”


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe

Patrícia Maldonado é apresentadora da BAND, casada com o apresentador Guilherme Arruda e mãe de Nina, três anos, e Maitê, que completou dois aninhos em janeiro. Apesar da correria das gravações – ela trabalha de madrugada, pois comanda um jornal que vai ao ar às 7h da manhã de segunda a sexta-feira! -, Patrícia jura que encontra tempo para ficar com as filhas (no momento, está sem babá), se cuidar, correr, se dedicar ao trabalho (no fim do mês ainda vai a Salvador para apresentar o Carnaval da BAND) e curtir viagens a dois com o maridão. Como ela consegue? Confira nossa entrevista!

Você tem duas filhas pequenas e trabalha bastante. Fez alguma adaptação à vida profissional?

Desde que a Nina nasceu, há três anos e meio, me policio para fazer tudo que preciso de manhã (que é o horário da escola). Na medida do possível, reservo as tardes pra ela e, há dois anos, para a Maitê também. Já perdi almoços e outros eventos porque queria ficar com elas, ir ao cinema, ao ballet. E não tenho crises por isso. Escolhi ser mãe e sei que faz parte do pacote abrir mão da liberdade que tinha antes.

Na sua rotina, o que você teve que abrir mão – ou diminuir o ritmo, mesmo que com prazer, para ficar mais tempo com elas?
Deixei de fazer o que mais gostava: não ter planos! Adorava ir para praia na segunda-feira à tarde tomar sol, jantar com amigos e voltar no final da noite. Com duas pequenas não dá mais. Vou menos à academia também, saio menos de casa para almoçar e jantar com amigos. Mas sou muito mais feliz!

Patrícia e as filhas Nina e Maitê em ensaio para o projeto “Dê mais brincadeira para seu filho”, do It Mãe, em outubro de 2013 (foto: Vivi Guimarães)

 

Do que você não abriu mão de jeito nenhum?
Não abro mão de viajar sozinha com meu marido uma vez por ano! Em 2013, fomos pra Disney com elas em agosto e, em dezembro, fomos para o Marrocos e Espanha sozinhos (tiro duas férias de 15 dias cada por ano). Acho saudável para relação com o meu marido e com elas. Além disso, durante essas viagens, elas sempre ficam com os avôs e é importante para relação delas com eles também.

Como dividiu as tarefas com seu marido?
Dividimos todas as tarefas no que diz respeito a filhos e casa. Fico com elas quando ele tem compromisso e vice-versa. Agora estamos sem babá, por exemplo, e precisamos fazer malabarismo para cuidar delas e trabalhar nesses horários malucos de TV.

Quando está cansada da correria da vida de mãe e precisa dar um tempo, o que gosta de fazer?
Não consigo desligar muito no dia a dia, mas tenho tentado. Coloco meu fone e saio para correr. Por alguns minutos sou só eu, minhas músicas, minhas vontades. E isso é muito quando se tem duas pequenas e um marido em casa.

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)