Nascimento dos dentes de leite: o que você precisa saber!

Quando os dentes de leite começam a nascer, como cuidar e como lidar com as reações comuns nessa fase


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe

(image:123TRF)

O nascimento dos dentes de leite marca uma fase importante na vida das crianças. Eu mesma fiquei encantada quando apareceram os primeiros dentinhos dos meus filhos!

O que pouca gente sabe é que os dentes de leite começam a se formar quando o bebê ainda está na barriga da mãe, por volta de seis semanas de vida intra-uterina. Por isso, para nascerem fortes e saudáveis, é super importante uma alimentação balanceada da gestante!

Quando é a fase do nascimento dos dentes?

O nascimento dos dentes é uma fase que dura bastante tempo. Vai até os 2 anos e meio de idade! Normalmente eles começam a surgir entre os 6 e 12 meses de vida. Os primeiros costumam ser os frontais de baixo. Em situações muito raras, o primeiro dente aparece ainda no primeiro mês de vida ou até já está na boca do bebê ao nascer. É o chamado dente neonatal. Caso aconteça com seu filho, é importante consultar um odontopediatra. Isso é importante para avaliar se está tudo bem, se ele tem raiz e se não existe nenhum tipo de alteração.

Lembre que cada criança tem um ciclo. Então, nada de entrar em pânico se os nascimento dos dentes de leite ocorrer um pouco antes ou depois do que você previa. Há crianças de três meses que já apresentam dentes na arcada, enquanto outros só ganham os dentinhos por volta de um ano.

Aqui, uma imagem ilustrativa que vai ajudar bastante para você fazer o acompanhamento:

A ordem acima não é uma regra. O nascimento dos dentes varia de uma criança para outra. Segue cronograma:

  • 6 a 10 meses: incisivos centrais inferiores.
  • 8 a 12 meses: incisivos centrais superiores.
  • 9 e 13 meses: incisivos laterais superiores e inferiores.
  • 10 e 16 meses: primeiros pré-molares.
  • 16 e 20 meses: caninos.
  • 20 e 30 meses: segundos pré-molares.

Quais as reações comuns durante o nascimento dos dentes?

Nem toda criança apresenta reações ao nascimento dos dentes de leite. Mas vou listar aqui as reações mais comuns que acontecem.

  • Inchaço e sensibilidade na gengiva, que pode inclusive apresentar alterações na sua coloração, ficando mais vermelha.
  • Maior produção de saliva – o babador será muito útil nessa fase!
  • Mudanças nos hábitos de alimentação – o bebê pode perder a fome ou preferir alimentos mais pastoso, líquidos e gelados.
  • Perda de sono e dificuldade de adormecer.
  • Estresse e irritação. Eles podem levar a mão à boca o tempo todo, coçando a bochecha.

Além dessas reações, os primeiros dentinhos podem apresentar também uma mudança na flora do intestino do bebê e assim fazer com que a criança apresente diarreias leves. Nessa fase o bebê pode ter o intestino solto ou mais preso, essa é uma característica da dentição.

Febre do dente: verdade ou mito?

Embora a temperatura do bebê suba ligeiramente com o nascimento dos dentes de leite, a febre não é um sintoma de dentição.

O problema pode ser causado porque o sistema imunológico fica prejudicado. Com isso, o bebê está mais sucessível a ser infectado por alguma virose ou outro agente infeccioso. Como muitas vezes o nascimento dos dentes coincide com o período em que as crianças começam a ir para à escolinha, o contato com outras pessoas a deixa mais suscetível a apresentar esses sintomas.

O alerta para os pais é, caso o bebê tenha febre ou diarreia, sempre procurar um médico para uma avaliação completa. Os sintomas são comuns em várias doenças e só o pediatra poderá identificar as verdadeiras causas.

Dicas para aliviar esses sintomas do nascimento dos dentes de leite:

  • Comprar mordedores para seu bebê. Eles vão ajudar a diminuir a coceira e desconforto na região. Se estiverem gelados funcionam ainda melhor.
  • Oferecer alimentos frios. O gelado ameniza a dor. Você pode bater uma vitamina de frutas e oferecer bem geladinha. Hummmmm!
  • Massagear a gengiva do bebê. Com a própria escova ou com dedeira de silicone.

No período do nascimento dos dentes, os bebês costumam colocar tudo na boca. Então, nada melhor do que manter tudo limpinho.

A partir de quando é preciso fazer a higiene bucal?

Enquanto o bebê não tem nenhum dente, as bactérias que causam a cárie não causam danos à saúde bucal. Porém, quando nasce o primeiro dente, elas encontram uma superfície para se fixar e, assim, a cárie pode surgir. Para evitar que isso aconteça, é importantíssimo fazer a higiene bucal adequada.

Use uma escova pequena, macia e adequada para a idade. A pasta deve ter flúor, mas o ideal é colocar uma quantidade bem pequena: uma porção do tamanho de um grão de arroz cru é suficiente para os bebês. Para crianças maiores, que já sabem cuspir, use um pouco mais, como um grão de ervilha. Troque a escova a cada três meses mais ou menos. E troque a escova após resfriados e gripes!

Um beijo,

Simone Cesar

 

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Data da postagem: 28 de maio de 2019

Tags: , , , ,

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)