Brasil é número 1 em doação de leite materno no mundo


Malu Echeverria
por: Malu Echeverria

amamentação

As brasileiras são responsáveis por 89% do total doado nos últimos anos (Foto: CrayonStock)

Um levantamento publicado na revista britânica The Lancet revelou que o Brasil tem a maior quantidade de doadores de leite materno no mundo. Entre as iniciativas que ajudaram a colocar o país em posição de destaque, está a Rede de Bancos de Leite Humano (rBLH).

As políticas adotadas no país desde os anos 1980, detalhadas pela pesquisa, foram reconhecidas pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) durante cerimônia de divulgação do estudo, realizada nesta quarta-feira (2), em Brasília. A pesquisa revela que o Brasil possui 213 unidades de Bancos de Leite espalhadas pelo território nacional, o que representa 72,9% dos sistemas de armazenamento do mundo. Entre 2008 e 2014, foram coletados 1,1 milhão de litros de leite doados, e as mulheres brasileiras foram responsáveis por 89,2% desse total.

De acordo com Cesar Victora, um dos coordenadores da pesquisa e professor da Universidade Federal de Pelotas (RS), as políticas adotadas pelo País nos últimos 30 anos foram determinantes para esse resultado. Entre as medidas estão a adoção da licença-maternidade, o trabalho desenvolvido por funcionários do setor de saúde na promoção do aleitamento nas unidades da rede básica e o comprometimento da mídia. “Por tudo isso, o Brasil hoje é considerado um dos maiores sucessos mundiais na promoção do aleitamento e as taxas de amamentação hoje são maiores do que a grande maioria de outros países do mundo”, disse.

Além da maior quantidade de doadoras de leite, o Brasil também teve posição de destaque na questão da amamentação. Segundo o estudo, as brasileiras amamentam mais que britânicas, americanas e chinesas. Os números apontam que, no Brasil, a taxa de amamentação exclusiva (sem a inclusão de outros alimentos) para crianças até os seis meses é o dobro do verificado na China, no Reino Unido e nos Estados Unidos. O Brasil também fica na frente nas taxas de amamentação até um ano de idade.

Quem pode doar?
Se você está amamentando e ficou interessada em doar também, o primeiro passo é buscar o banco de leite humano mais próximo. Veja a lista completa da Rede de Bancos de Leite Humano no site da Fiocruz. Segundo a legislação que regulamenta tais unidades, a doadora, além de ter excesso de leite, deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e, claro, se dispor a ordenhar e doar o excedente. Em algumas cidades, o leite é retirado pelo Corpo de Bombeiros, sem que a mãe tenha de sair de casa.

Com informações de Portal Brasil, Ministério da Saúde e Fiocruz

  • Malu Echeverria

    Jornalista, mãe do Gael e redatora-chefe do It Mãe. Para ela, é essencial colocar a máscara de oxigênio primeiro na gente, depois na criança

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)