8 dicas de como economizar nas festas de aniversário


Natália Folloni
por: Natália Folloni

Imagem Festa Frozen

(foto: Renato Lucena Fotografia)

A festinha do seu filho pode sair bem mais em conta se você optar por uma decoração simples e fizer um planejamento com antecedência – e, ainda assim, ficar incrível! As especialistas em festas infantis Elis Rinaldi, da Rica Festa, Karina Domingues, da Festeirice, e Sabrina Espinós, da Maria Formiga, dão algumas dicas de como economizar na comemoração.

1. Menos é mais!

Não é preciso encher a mesa de enfeites para ter uma decoração bonita. Desde que os poucos adornos combinem com a paleta de cores que você escolheu, tudo bem. Outra saída é alugá-los ou emprestá-los. Tente não pensar em quantidade, mas em como cada item está harmonizado com o resto do ambiente. Além disso, se “faltou” docinho para preencher a mesa (já que as festas caseiras têm menos convidados), coloque vasinhos com plantinhas, pompons de seda (que costumam ser pendurados, mas ficam lindos aqui também), colmeias de papel e bandejas ou caixinhas com pipocas em saquinhos estampados.

2. Toalha alternativa

Em vez de gastar com uma toalha, que tal enfeitar a mesa com uma franja de fita ou cordão de bandeirinhas? Você pode optar ainda por cobrir a mesa com tecido, cartonada ou tassel (cordão com penduricalhos de franja).

3. Use coisas da sua casa

Você pode utilizar bandejas e suportes para doces, porta-retratos e vasinhos de flores do seu “acervo”, assim como brinquedos das crianças. Olhe ao redor: o que mais você tem na sua casa que pode combinar com o tema e as cores escolhidas? Louças brancas, aliás, valem o investimento. São curingas e servem para todos os temas.

4. Economize nos balões

Em vez de painéis enormes com balões, use buquês com as versões de gás hélio. Inove com a inicial ou a idade do aniversariante, por exemplo. Outra dica é utilizar, de cada lado, um balão gigante de um metro, que já preenche todo o espaço e dá um acabamento super divertido à mesa.

5. Compre kits de festa prontos

Para facilitar, você pode montar toda a decoração com kits temáticos. Há inúmeras opções em lojas especializadas para alugar ou comprar, tanto virtuais quanto físicas. Pesquise!

6. Improvise nas paredes

É muito importante que as paredes sejam decoradas – principalmente a de trás da mesa do bolo. Para não gastar tanto, você pode desenhar em lousinhas infantis, pendurar quadros ou colar figuras em pratinhos de papel. Bandeirinhas, fitas ou cordão de luzinhas de Natal também são opções de enfeites simples e bonitas.

7. Atenção ao horário da festa

No início da tarde, por exemplo, pode custar mais porque costuma-se servir almoço. Alguns bufês infantis cobram menos se a festa for durante a semana. Fazer uma festa na escola, na hora do intervalo, também é uma opção mais econômica. Dependendo da idade das crianças, outra ótima saída é convidar só os pequenos – e os pais vão buscá-los ao final. Nesse caso, providencie ajuda extra (monitores ou parentes) para cuidar deles e, assim, deixar as famílias tranquilas. E, quanto mais curta a festa, claro, os custos são menores – por isso, você pode delimitar o horário do início e do final da festa já no convite.

8 – Planeje tudo com antecedência

O ideal é começar a pensar na festa, no mínimo, uns três meses antes da data. Assim, dá tempo de comparar preços em lojas, negociar com fornecedores (em cima da hora é sempre mais caro!) e até comprar no exterior, se houver oportunidade.

  • Natália Folloni

    Nossa repórter adora crianças e acredita que uma mulher pode ser a melhor mãe do mundo sem abrir mão de sentir-se linda e realizada

Data da postagem: 19 de novembro de 2015

Tags: , , , , , , , ,

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)