Quem está acima do peso pode ter dificuldade para engravidar?


Fernanda Coimbra Miysato
por: Fernanda Coimbra Miysato
Ginecologista, especialista em fertilidade na clínica Fertilizavitta, em São Paulo.

Controlar o peso é essencial para a fertilidade e também para ter uma gravidez saudável (foto: arquivo)

Todo mês, a ginecologista Fernanda Coimbra Miyasato, especialista em fertilidade, da clínica Fertilizavitta, em São Paulo, responde suas dúvidas a respeito dos desafios para engravidar. Mande sua pergunta para contato@itmae.com.br que ela poderá ser respondida aqui

Quem está acima do peso pode ter dificuldade para engravidar?

O peso acima do ideal pode alterar a fertilidade do casal, afetando a produção de sêmen e a ovulação.

Se a camada de gordura, chamada tecido adiposo, está acima do normal, ela pode impactar a fertilidade principalmente por provocar alterações hormonais. Em mulheres, ocorre alteração na produção dos hormônios FSH e LH, responsáveis pela ovulação, tornando os ciclos menstruais irregulares. Além disso, outras enzimas aumentam a produção de substâncias andrógenas, como a testosterona, que também agem nos hormônios LH e FSH e, consequentemente, na liberação de óvulos e também na qualidade dos óvulos. Muito comum em pacientes obesos, o diabetes tipo II e a resistência insulínica, também alteram o eixo hormonal, por meio de substâncias inflamatórias, reduzindo a fertilidade.

Importante frisar também que a gestante obesa está sujeita a maior risco de abortos, hipertensão, pré-eclâmpsia e diabetes.

Em homens, a célula adiposa consegue provocar alterações nos hormônios sexuais devido a presença da enzima aromatase, que converte a testosterona em estrógeno, fazendo com que ocorra uma queda na produção de testosterona – isso reduz a libido, pode causar disfunção erétil e alterações seminais. Sem contar que o excesso de estrógeno altera a produção de espermatozoides, diminuindo a quantidade deles.

Por isso, a manutenção de hábitos saudáveis é essencial para a fertilidade. Com uma boa orientação médica e nutricional, pratica de exercícios físicos e perda de peso, os hormônios podem se regularizar.

  • Fernanda Coimbra Miysato

    Ginecologista, especialista em fertilidade na clínica Fertilizavitta, em São Paulo. Ela responde suas dúvidas sobre esse assunto no canal Saúde de Mãe

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)