Como não pegar a gripe do seu filho


Malu Echeverria
por: Malu Echeverria

A temporada de gripes também já começou na sua casa? Com a chegada do inverno, a gente fica em ambientes fechados por mais tempo e isso facilita a transmissão do vírus. Além disso, o clima seco dessa época do ano prejudica as vias respiratórias e deixa o nosso organismo mais vulnerável a infecções. Basta alguém que estiver gripado tossir, espirrar ou mesmo conversar com você.

Mas não é qualquer espirro que pode ser considerado gripe. A doença, que é causada pelo vírus influenza, provoca febre, tosse, dores de garganta, no corpo e na cabeça, derrubando até os mais fortes. Os resfriados também são provocados por vírus e têm sintomas parecidos, só que mais leves. O nariz escorrendo incomoda, mas não o suficiente para faltar ao trabalho, digamos assim.

As crianças, como ainda estão com o sistema imunológico em desenvolvimento, são mais suscetíveis a gripes e resfriados. Para piorar, o contato com os amiguinhos na escola só aumenta as chances de trazer os vírus para casa. Mas pior que filho doente é mãe e filho doente. Então, se o seu pequeno estiver gripado…

  • Lave sempre as mãos antes e depois de cuidar dele, assim como ao mexer nas roupas e nos brinquedos dele.
  • Nada de dividir talheres ou de dormir na mesma cama (essa é difícil para algumas mães, ainda mais no inverno!).
  • Se tiver alguém com quem revezar os cuidados, melhor!

E se ninguém pegou gripe na sua casa, os cuidados também entram em cena para deixar a família bem longe dos espirros:

  • Mantenha a casa arejada, deixando portas e janelas abertas pelo menos algumas horas por dia. A transmissão pelas mãos é mais comum do que se imagina, segundo mostram alguns estudos. Por isso, dá-lhe álcool gel, amiga (leve sempre um na bolsa).
  • A tradicional vitamina C também ajuda na prevenção, embora os estudos sejam contraditórios (alguns dizem que sim, outros derrubam essa teoria). Na dúvida, não custa tomar um chá de limão. Mal não faz.
  • Os especialistas são unânimes em afirmar que a melhor maneira de se manter livre da gripe é a vacina. Ela protege contra três tipos do vírus, incluindo o H1N1 (que provoca a gripe A e pode ser fatal).

Fonte: Ministério da Saúde

  • Malu Echeverria

    Jornalista, mãe do Gael e redatora-chefe do It Mãe. Para ela, é essencial colocar a máscara de oxigênio primeiro na gente, depois na criança

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)