Abdominoplastia: cuidados para quem deseja fazer plástica na barriga


Débora Lublinski
por: Débora Lublinski

barriga chapada mulher

A indicação é esperar, no mínimo, seis meses após o parto para fazer a cirurgia (Foto: CrayonStock)

O sonho da barriga sequinha (e nem precisa ser o tanquinho da Pugliesi) fica ainda maior depois da gestação, todas nós sabemos. Mas muitas vezes é preciso mais do que dieta e atividade física para isso. Partir para uma intervenção cirúrgica, como a abdominoplastia, vale a pena, desde que você tenha o perfil para fazer esse tipo de procedimento e que conheça bem os prós e contras da plástica (sim, sempre existem algumas desvantagens e até riscos). É disso que vamos falar agora:

Quem pode fazer

A indicação da abdominoplastia é excesso de flacidez de pele na barriga, um pouco de gordura localizada, frouxidão da musculatura abdominal (a diástase, o afastamento dos músculos reto abdominais) e o aparecimento de estrias abaixo do umbigo. “Infelizmente, a cirurgia não resolve a aparência de estrias na parte superior da barriga”, diz o cirurgião plástico Alan Landecker no livro Cirurgia Plástica – Manual da Paciente (BBD Editora). Também não é a solução para quem está acima do peso (o que, inclusive, pode trazer complicações). “Mulheres que passaram por mais de uma gravidez ou tiveram gestação de múltiplos são fortes candidatas”, acredita Henrique Lopes Arantes, cirurgião plástico de São Paulo.

Quando fazer

A primeira recomendação dos médicos é esperar pelo menos de 6 meses a 1 ano após o parto para se submeter a uma plástica — qualquer uma, inclusive a da barriga, considerada de “grande porte”. O corpo, a gente sabe, precisa de tempo para recuperar a forma de antes da gravidez. Não adianta apressar as coisas. Procure um médico de confiança, indicado por alguma amiga que tenha ficado feliz com a plástica, e tire todas as dúvidas em mais de uma consulta para alinhar expectativa e realidade. Pergunte, pergunte e pergunte sem medo nem vergonha.

Como é a recuperação

Não dá para dizer que fazer uma abdominoplastia é moleza. Os médicos falam em um desconforto de moderado a severo. Primeiro porque há um grande descolamento de pele, segundo porque você mexe o abdome para tudo. A recomendação é ficar em repouso por sete dias em uma posição semi-sentada com apenas leves caminhadas, com o tronco inclinado, pela casa. Fazer qualquer esforço ou carregar peso só depois de um mês da cirurgia.

O que esperar do resultado

Com todo o avanço da medicina estética, tratar a flacidez da pele de uma forma pouco invasiva, com equipamentos, ainda é um desafio. Por isso, a cirurgia de barriga tem o seu valor mesmo deixando uma cicatriz razoavelmente extensa – ela fica escondida na linha do biquíni, mas pode chegar até os ossinhos dos quadris, curvando-se levemente para cima. Quanto maior for a retirada de pele, maior o corte e, portanto, maior a cicatriz. Em alguns casos, também há a necessidade de outra incisão ao redor do umbigo para “puxar” a pele para baixo e, em seguida, “colar” o umbigo de volta na altura certa — e isso pode ficar artificial se não for bem feito. Para manter o novo shape, o básico: não pode engordar e exercícios melhoram o aspecto, já que a cirurgia não vem com gominhos. “Engravidar novamente não é proibido, mas existe o risco de perder todo o resultado”, alerta Fernando Longo, cirurgião plástico da Haute Dermatologia e Estética, também em São Paulo. O contorno final costuma aparecer de 3 a 6 meses após a cirurgia. Antes disso, há inchaço (as roupas ficam apertadas) e hematomas – logo, tomar sol está proibido nesse intervalo. Já a cicatriz demora até um ano para se recuperar completamente. Até lá, filtro solar e micropore nela!

  • Débora Lublinski

    Jornalista e mãe da Marina, Débora Lublinski trabalhou por 15 anos em revista feminina cobrindo beleza, saúde e bem-estar. Mas não vive apenas de glamour e sabe bem o malabarismo que é se cuidar sem descuidar dos filhos, da casa, do casamento e da carreira

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)