Siga itmae
facebook
twitter
rss
instagram
youtube
pinterest
Participe do itmãe
facebook
twitter
rss

GUIA IT MÃE - Produtos, serviços e lugares selecionados que a gente indica! CLIQUE AQUI >>

6 benefícios da ioga na gravidez

Publicado em 02.03.2017 | por

Ioga na gravidez previne dores nas costas, além de aliviar o stress (Foto: Freeimages)

O teste de gravidez deu positivo e você ainda está em dúvida qual atividade física vai adotar nos próximos nove meses? “A ioga é para todas desde que se respeite as características e o histórico de cada gestante”, diz Carla Ximenes, professora de ioga, de São Paulo. E completa: “Visto que existem várias linhas, é interessante que a grávida procure aulas específicas para gestantes para ter um maior aproveitamento, contato e entendimento das mudanças que virão a acontecer”, sugere. Além disso, ela lembra que, antes de começar a prática, você precisa do aval do seu obstetra. Para sentir na pele os benefícios, as aulas devem ser realizadas com consciência e constância – duas vezes na semana é o ideal. Listamos aqui seis bons motivos para aderir à prática.

1) Tonifica e alonga a musculatura

Ao contrário do que muita gente pensa, ioga não é apenas relaxamento. As posturas dessa prática, chamadas de ásanas, ajudam a manter os músculos firmes, porém alongados. Além disso, conferem um bom equilíbrio entre força e flexibilidade, resultado da contração isométrica (estática) e do alongamento.

2) Alivia a dor lombar

Queixa de 99% das gestantes, a dor nas costas, mais especificamente na região lombar, está associada à mudança do eixo do corpo por causa da barriga. Na ioga, o equilíbrio e a flexibilidade são trabalhados, corrigindo a postura e aliviando o desconforto – alguns estudos apontam uma melhora de até 80% da dor nessa área.

3) Combate o inchaço

Tanto as posturas como os exercícios de respiração da aula aumentam a circulação do sangue e, consequentemente, a oxigenação do corpo todo. Isso funciona como uma verdadeira drenagem linfática, combatendo a retenção de líquidos.

4) Controla a ansiedade

Com os hormônios a mil e a cabeça naquele turbilhão de pensamentos, a respiração é a solução para se acalmar. Já está mais do que provado que inspirar e expirar da maneira correta diminui os batimentos cardíacos, controla a secreção de hormônios do stress e funciona como uma âncora para entrar em estado meditativo, de calma e clareza.

5) Prepara o corpo para o parto

São várias as posturas que acionam a musculatura do assoalho pélvico (períneo, ânus e vagina), facilitando o parto normal. Além disso, com os exercícios de respiração, a mulher aprende a controlar melhor a dor das contrações e toda a ansiedade do momento, até na cesárea.

6) Fortalece o vínculo entre mãe e bebê

Para a grávida moderna, que faz mil coisas ao mesmo tempo, as aulas de ioga funcionam como uma pausa no corre-corre. “É um momento de autoconhecimento, sem julgamentos, dos sentimentos, sensações, medos e angústias que aparecem nesse período, e, claro, de alimentar o bebê com toda essa energia mais serena”, acredita Carla. 

Siga a gente no Instagram: @itmae

Gostou do post?

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

Tags:, , , , , , ,
Você também pode gostar de:

Reencontre seu estilo e… economize tempo e dinheiro!

A pílula causa infertilidade? Mitos e verdades sobre o anticoncepcional

Looks para destacar o que você ama (e camuflar o que não gosta tanto)

Quem faz
Débora Lublinski

Débora Lublinski

Jornalista e mãe da Marina, Débora Lublinski trabalhou por 15 anos em revista feminina cobrindo beleza, saúde e bem-estar. Mas não vive apenas de glamour e sabe bem o malabarismo que é se cuidar sem descuidar dos filhos, da casa, do casamento e da carreira

Nossa seleção especial está aqui!
Encontre produtos, serviços e espaços indicados pelo It Mãe!

Clube It Mãe

Deixe seu e-mail e fique por dentro das novidades!

itmãe 2017 - Todos os direitos rervados