Siga itmae
facebook
twitter
rss
instagram
youtube
pinterest
Participe do itmãe
facebook
twitter
rss

GUIA IT MÃE - Produtos, serviços e lugares selecionados que a gente indica! CLIQUE AQUI >>

5 benefícios dos exercícios físicos na gravidez

Publicado em 02.03.2016 | por

exercícios grávida

As atividades físicas melhoram o humor e a autoestima (Foto: CrayonStock)

Até pouco tempo, muita gente pensava que a gestante deveria se resguardar, ao menos no primeiro trimestre, e evitar fazer esforço. Mas cada vez mais estudos têm provado o quanto é importante se manter ativa ao longo da gravidez. Claro que as atividades físicas nessa fase exigem exercícios adaptados e que sejam de acordo com a evolução dos trimestres da gestação – motivos que me levaram a desenvolver o programa Gravidez em Forma. E, uma vez liberadas pelo obstetra responsável pelo pré-natal, ela e o bebê só têm a ganhar com isso. Veja por que a seguir.

1) Controle de peso (e da autoestima!)

Esse seria o primeiro grande benefício. Há décadas pesquisas mostram que mulheres que se exercitam na gravidez mantém o ganho de peso controlado na gestação e depois também. O que, por consequência, ajuda a evitar doenças associadas ao excesso de peso nessa fase, como diabetes gestacional e hipertensão. Já os bebês de grávidas obesas correm mais risco de desenvolver obesidade no futuro, entre outros problemas. Por último, mulheres que engordam demais na gestação, principalmente nos primeiros trimestres, têm a autoestima afetada. O que as deixa infelizes com a própria imagem, justo em um momento que deveriam estar se sentindo radiantes!

2) Menos dores nas costas

À medida que a gestação avança, a postura da gestante tende a se alterar. Não só porque o centro de gravidade (ou seja, o umbigo) se desloca para frente, como também para o corpo aguentar a sobrecarga do peso da região da barriga. Tais alterações podem gerar muitas dores, principalmente nas costas e no quadril: entre 50 e 70% das gestantes terão dor lombar em alguma fase da gravidez. O que muitas vezes pode até deixar a gestante de cama. A boa notícia é que, por causa da melhora da postura e do fortalecimento dos músculos em geral, a prática regular de exercícios físicos no período reduz esse índice. Ou se a gestante ainda tiver dor, certamente será menos intensa.

3) Prevenção contra diástase e flacidez

A diástase, ou seja, afastamento natural das fibras musculares retas do abdome à medida que a barriga cresce, pode ir além do esperado. Muitas vezes, ocorre que o tecido entre os músculos da barriga não suporta e se rompe. O resultado é que, após o parto, esse afastamento deixa uma linha afundada do peito ao umbigo – a impressão é que a mulher continua grávida, mesmo que volte ao peso de antes. Outra consequência comum nesse caso é a flacidez da região, o que também acomete mulheres cujos músculos do abdome voltaram ao normal. Tanto a diástase quanto a flacidez podem ser prevenidas e/ou revertidas com um programa de atividades físicas específicas. Mas vale alertar: certos tipos de exercícios (como flexões e prancha, por exemplo) tendem a piorar o problema. Daí a importância do acompanhamento de um profissional habituado a trabalhar com gestantes.

4) Preparo físico para o parto

Ao se manter ativa na gravidez, a mulher tem melhores condições fisiológicas de suportar o trabalho de parto (que dura, em média, 8 horas no caso do primeiro filho). Isso porque a força e a resistência física vão ajudá-la a se recuperar nos intervalos das contrações. Além disso, os exercícios aeróbicos também garantem o bom funcionamento do coração e do aparelho respiratório, o que facilita esse processo. Por isso, é essencial que as grávidas se exercitem de maneira completa, em vez de privilegiar apenas uma modalidade.

5) Melhora do humor

As variações hormonais típicas da gravidez podem deixar as grávidas emotivas, irritadas, ansiosas e até mesmo um pouco depressivas. Alguém se identificou? Pois fique sabendo que ao se exercitar, o organismo libera uma substância chamada endorfina, que promove relaxamento e bem-estar. Por conta disso, os exercícios físicos são “remédios naturais” para diminuir o estresse e a ansiedade, sendo que os efeitos persistem por horas após o treino.

Siga a gente no Instagram: @itmae

Gostou do post?

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

Tags:, , , , , , , , ,
Você também pode gostar de:

Como usar (e por que amar) acessórios!

Como não pegar a gripe do seu filho

Reencontre seu estilo e… economize tempo e dinheiro!

Quem faz
Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

Mestra-professora e diretora do Método Mais Vida Gestantes. Fala sobre bem-estar e controle de peso no canal Personal It Mãe

Nossa seleção especial está aqui!
Encontre produtos, serviços e espaços indicados pelo It Mãe!

Clube It Mãe

Deixe seu e-mail e fique por dentro das novidades!

itmãe 2017 - Todos os direitos rervados