Siga itmae
facebook
twitter
rss
instagram
youtube
pinterest
Participe do itmãe
facebook
twitter
rss

GUIA IT MÃE - Produtos, serviços e lugares selecionados que a gente indica! CLIQUE AQUI >>

Mães criam site de presentes-experiência para crianças

Publicado em 21.02.2017 | por

Os presentes-experiência do Nem boneca, nem carrinho vão desde aulas de skate a ingressos para teatro (Foto: Divulgação)

Anna Paula Durazzo e Andrea Tavares, ambas de São Bernardo do Campo (SP), são amigas desde a adolescência, porém seguiram caminhos diferentes. A primeira se tornou publicitária, enquanto a segunda graduou-se em Direito. Com o tempo, a maternidade as aproximou também profissionalmente: há um ano, elas criaram o site Nem boneca, nem carrinho, que como sugere o nome, oferece presentes que vão além de brinquedos para os pequenos.

Tudo começou há pouco mais de dois anos. “A Andrea é muito antenada. Eu sempre perguntava que programa ela iria fazer com as crianças no fim de semana e acaba indo junto com meu filho”, conta Anna Paula, que é mãe de Mateus, 6 anos. Na época, Anna Paula havia largado um emprego na área de e-commerce numa empresa de alcance nacional para trabalhar em uma start-up em casa e assim ganhar mais tempo com o filho. “Quando voltei da licença-maternidade, estava tudo organizado, mas não consegui me adaptar à mesma jornada. Senti que não estava sendo nem boa mãe, nem boa profissional. Todo mundo dizia que iria passar, porém, demorou muito para mim. Por isso, quando meu filho completou 3 anos, busquei um trabalho com mais flexibilidade”, relembra. Já Andrea trabalhou como advogada por quatro anos, depois montou uma empresa de importação de vinhos e alimentos da Córsega com o marido em 2006. “Também queria um trabalho mais flexível, sem abrir mão da carreira”, explica. Enquanto empreendedora, ela teve dois filhos: Bernardo, em 2010, e Laura, em 2012. O casal resolveu vender o negócio em 2013, impulsionado pela crise econômica. “Eu me vi sem trabalho, com dois filhos pequenos. A maternidade passou a ser a minha única ocupação praticamente”, recorda-se. Em 2014, as duas amigas começaram a fazer um coaching juntas e, após as aulas, reuniam-se em um café para trocar ideias, tanto sobre a vida profissional, quanto pessoal. “Ao longo dessas conversas, percebemos que havia uma oportunidade de um novo tipo de negócio”, conta Anna Paula.

Por uma infância menos consumista

Andrea sempre gostou de fazer passeios fora de casa com os filhos, como parques, praças, cinema, teatro… Quando as crianças começaram também a ser convidadas para festinhas infantis, por meio dos amigos da escola, notou que muitos pais, assim como ela, não sabiam o que dar de presente. Aquela criança já tem tudo, diziam. Além disso, achava que as crianças ganham brinquedos em excesso. “Lá em casa, por exemplo, a farra era abrir tudo no dia do aniversário. Depois eu guardava os presentes e os oferecia aos poucos, para que eles aproveitassem melhor cada brinquedo. Mas era uma logística que não fazia muito sentido para mim”, afirma. A amiga e futura sócia compartilhava da mesma opinião, por isso, resolveu abraçar a ideia. “Cheguei a manter um outro emprego, paralelamente, no início. Sempre ouvi que a gente precisava ter um trabalho estável para ser feliz, até que tomei coragem e larguei tudo para me dedicar exclusivamente ao site”, diz Anna Paula.

O negócio de Anna Paula e Andrea (foto) surgiu de uma demanda delas mesmas enquanto mães (Foto: Divulgação)

Hoje, o Nem boneca, nem carrinho oferece 20 presentes-experiência a partir de R$ 50 reais, como aulas de skate, cursos de jardinagem e ingressos para passeios culturais, preferencialmente ao ar livre. Há também a opção de vale-presente, para o presenteado escolher o que quer fazer. Geralmente, os presentes incluem o ingresso da criança e de mais um adulto. A proposta, de acordo com as fundadoras do site, é tirar pais e filhos de casa e de frente das telas. “Temos essa preocupação de que as famílias possam compartilhar mais programas juntos, e não apenas dentro de um shopping”, diz Andrea.  

A proposta do site é que as famílias façam mais programas juntos (Foto: Divulgação)

A princípio, mesmo após uma extensa pesquisa de mercado, as sócias tinham muitas dúvidas sobre o dia a dia do negócio. Mas sabiam que elas só seriam solucionadas à medida que o site estivesse funcionando. Então, foram para a “rua”. Começaram com um investimento relativamente baixo (de R$ 5 mil reais) e um layout simples, que foi aprimorado seis meses depois. Além disso, participaram de diversos eventos e feiras do setor, em busca de novas parcerias. Contam que o apoio dos companheiros foi fundamental desde o início. Até agora, têm recebido avaliações positivas de pais, avós, tios… O próximo passo é expandir as ofertas de presentes-experiência, que abrangem a grande São Paulo, para outras cidades. “Ouvimos de muitos de nossos clientes que eles também gostam de fazer passeios com os filhos, porém jamais os imaginaram como presentes. E quem disse que as crianças precisam de tanto? Claro que ganhar brinquedo é legal, mas também há outras coisas que podem fazê-las felizes”, completa Andrea. Como discordar?

Siga a gente no Instagram: @itmae

Gostou do post?

Cadastre seu e-mail e receba novidades!

Tags:, , , , , , ,
Você também pode gostar de:

Momento excelente para viagens e novas conexões

E para a mamãe nada?!?! Tudo! Ideias pra SUA festa!

Será que você deve pensar em congelar os óvulos?

Quem faz
Malu Echeverria

Malu Echeverria

Jornalista, mãe do Gael e redatora-chefe do It Mãe. Para ela, é essencial colocar a máscara de oxigênio primeiro na gente, depois na criança

Nossa seleção especial está aqui!
Encontre produtos, serviços e espaços indicados pelo It Mãe!

Clube It Mãe

Deixe seu e-mail e fique por dentro das novidades!

itmãe 2017 - Todos os direitos rervados