5 dicas para ser uma mãe mais ecológica


Malu Echeverria
por: Malu Echeverria

mulher_feira

Prefira as frutas e verduras da estação: são mais naturais e baratas (Foto: 123RF)

Depois que viramos mães, muitas questões ganham mais importância, entre elas a preservação do planeta. Não apenas porque queremos dar um bom exemplo aos nossos filhos, como também deixar um mundo melhor para eles viverem. A Semana Nacional do Meio Ambiente é uma oportunidade para refletir sobre o assunto. A seguir, veja algumas dicas de deixar o seu dia a dia mais “verde”.

1) Compre frutas e verduras da estação

Produtos da estação em vigor geralmente são mais naturais. O significa que foram produzidos com menos intervenções tecnológicas e agrotóxicos. Isso sem falar que são mais baratos nessa época. Para saber a melhor época para comprá-los, confira aqui.

2) Use um coletor menstrual

O dispositivo em forma de uma taça de silicone (com cerca de 4 cm) pode ser usado durante todo o ciclo e tem de 5 a 10 anos de vida útil. Considerando-se que um único absorvente higiênico leva até cem anos para se decompor, a alternativa é inegavelmente mais ecológica. Se você faz parte do grupo que torce o nariz para o coletor menstrual, que tal dar uma chance?

3) Elimine (de vez) as sacolas de plástico

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, ainda hoje, são distribuídos no Brasil 1,5 milhão de sacolinhas plásticas… por hora! O problema é que elas têm um alto custo ambiental: a produção consome petróleo ou gás natural, além de água e energia, liberando rejeitos e gases tóxicos. E, uma vez utilizadas, boa parte é descartada de maneira incorreta e continua a poluir. Uma alternativa bem simples e eficaz para acabar com isso é carregar uma sacola ecológica na bolsa (para aquela passada rápida no mercado ou na farmácia) e outras tantas no porta-malas do carro.

4) Coma menos carne

Você sabia que a quantia de água utilizada em todas as estapas da produção da carne bovina de corte é de 15.400 litros para cada quilo. Já as aves demandam 4.300 litros/quilo*. Esse já é um bom motivo para participar da campanha mundial Segunda Sem Carne, que tem entre seus expoentes o chef Jamie Oliver.

5) Adote a carona solidária

Alguns meses de aula são o suficiente para conhecer os pais da classe do seu filho e descobrir que muitos moram no mesmo bairro. Por que não organizar um esquema para revezar as idas e vindas diárias da escola com outros pais? É mais barato, prático, melhora o trânsito da cidade e, ainda, diminui a poluição.

*Fonte: Water Footprint Network

  • Malu Echeverria

    Jornalista, mãe do Gael e redatora-chefe do It Mãe. Para ela, é essencial colocar a máscara de oxigênio primeiro na gente, depois na criança

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)