A natação e a auto-confiança da Bela


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe

*publieditorial

(foto: arquivo pessoal) (foto: arquivo pessoal)

 

Lembro quando a Isabela começou a natação. Chegou na piscina tímida, com vergonha de não saber nem metade do que as outras crianças da sua turma sabiam fazer. Ela olhava tudo aquilo assustada e me dizia que não queria ir, que não ia conseguir. Algumas vezes até chorava.

Meu coração de mãe ficava apertado. Dava vontade de falar: “Vamos pra casa, você não precisa disso”. Mas ao mesmo tempo eu pensava em quantas vezes eu também tive medo de não conseguir, quantas vezes eu tive vontade de desistir. E eu me lembrei de como era bom receber o incentivo de alguém para ir em frente. Superar os meus medos e me colocar à prova era o melhor antídoto. Ainda mais porque mais tarde vem o gostinho da superação. E esse não tem igual.

Então, engoli a vontade de ser uma mãe super protetora e incentivei a Bela: “Hoje você pode não conseguir, mas se você desistir, não vai conseguir nunca! E eu tenho certeza que você vai aprender. Vai em frente que você vai ser uma ótima nadadora”.

A cada aula a Bela ia se soltando mais e com seu olhar firme e seu jeito aplicado, foi se aprimorando. A cada conquista, me procurava do lado de fora da piscina com um sorriso. E eu podia ler nos lábios dela: “Viu, mamãe, eu consegui, eu consegui! “A auto-estima da Bela aumentou. E esse é um dos maiores ganhos do esporte:  olhar para o desafio, enfrentá-lo e, a cada vitória,  se sentir mais confiante.

Hoje a Bela está soltinha na piscina, precisando ainda melhorar a técnica do nado crawl para passar de nível. Ela me disse que é difícil, mas que vai treinar e conseguir. Não tenho dúvidas de que vai mesmo!

Acredito que na vida, o modo como a gente faz uma coisa, a gente faz todas as coisas. Se a Bela aprende a se superar na piscina, vai levar isso para o trabalho, para todos os projetos que tiver. Por essas e outras, não tenho dúvidas de que o esporte é um ótimo coadjuvante na educação dos nossos filhos. E olha que bacana: agora tem um site cheio de dicas para as mães dos pequenos esportistas, de ideias de alimentação a matérias sobre como o esporte pode ajudar no desenvolvimento dos nossos filhos. Para ver, clique aqui!

 

 

 

 

 

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)