Como se vestir com estilo na gravidez, a cada trimestre


Carol Caliman e Carlinha Catap
por: Carol Caliman e Carlinha Catap

Uma das principais queixas que ouvimos de amigas e clientes grávidas é que não dá pra se vestir bem durante esse período sem gastar um dinheirão comprando roupas específicas de grávida, que, vamos combinar, nem sempre agradam a todo mundo. Mas a verdade é que dá pra ser linda e estilosa, sim, durante a gravidez com alguns truques que fazem o seu guarda roupa render mais. E se tiver que comprar roupas novas, basta escolher poucas e boas peças, que realmente fazem a diferença. Quer ver? A seguir, selecionamos algumas dicas para se vestir bem a cada trimestre.

PRIMEIRO TRIMESTRE

Enjoos, inchaços, desconforto e muito sono: se já parece difícil sobreviver ao primeiro trimestre com dignidade, imagine com estilo. Some-se a isso tudo o fato de que muita gente prefere guardar segredo sobre a gravidez até o final dos primeiros três meses, o que consome uma baita energia! E aí, como faz pra se vestir? Verdade seja dita: no primeiro trimestre nosso corpo não muda praticamente nada. Ou seja, não tem nem desculpa pra comprar roupas novas.

Está morrendo de sono e quer ficar na cama até o último minuto? Faça uma pastinha com looks para se inspirar e não perder tempo (Foto: Reprodução Pinterest)

Maaaaaas, como a gente sabe que nesse comecinho dá muita preguiça de sair da cama de manhã pra se arrumar, nossa principal dica é: tenha uma pastinha de inspirações de looks, pra te ajudar a se vestir todas as manhãs com um pouco mais de facilidade. E pra quem não quer tornar a gravidez pública ainda, mas já deu uma engordada, a terceira peça é uma excelente aliada, pois disfarça com maestria seios inchados e barriguinha saliente. E se você está sofrendo muito com os enjoos e sono, recomendamos investir em pontos de cor próximos ao seu rosto, que ajudam a te dar um ar mais animadinho. 😉

SEGUNDO TRIMESTRE

Agora, sim, temos uma barriga! A gravidez já está amplamente divulgada, os desconfortos típicos do início da gestação estão no passado e você ainda não engordou muito. Não é a toa que muita gente chama o segundo trimestre de “lua de mel” da gravidez! Como nem tudo são flores, nessa fase as calças param de fechar, as camisas parecem que vão explodir e você fica naquela de “não tenho o que vestir”.

Dê novos usos às suas peças: use camisas como jaquetas (Foto: Reprodução Pinterest) 

Antes de mais nada: anota aí esse truque MARA pra usar suas calças, bermudas e shorts por mais um tempo: use prolongadores específicos para aumentar a circunferência das suas peças. Se não quiser comprar, faça isso com um elástico de cabelo. A gente JURA que funciona!!!

Engordou um pouco? O truque do elástico funciona, viu! (Foto: UASZ)

Deu pra perceber que o truque é usar a criatividade e a imaginação, né? Por isso, dê novos usos às suas camisas (use-as como jaquetinhas), aos seus vestidinhos que ficaram curtos demais (use-os como blusinhas) e faça seu guarda-roupa render como nunca!

TERCEIRO TRIMESTRE

Com a barriga crescendo em progressão geométrica, não dá pra se vestir bem, certo? Errado! Muita gente não sabe, mas o segredo de um look bacana está nos detalhes, e eles independem do tamanho do seu barrigão e de quantas vezes você já usou a mesma roupa (sim, isso acontece e não é crime nenhum). Por isso, nossa dica de ouro pra esse período é: mude a cara dessas roupas que você vai usar milhões de vezes com acessórios.

Um jeito diferente de prender o cabelo dá uma cara nova ao look de sempre (Foto: Reprodução Pinterest)

O mesmo vestido pode ser usado com colete, lenços diferentes, brincões, maxi-colares… até um batomzão e um jeito diferente de prender o cabelo pode te ajudar a dar essa cara nova pro look de sempre! Versatilidade é o mantra da vez. Para provar que dá, sim, pra mudar a cara de uma roupa com poucas e boas intervenções, olha quantas formas de usar um vestido listrado, apenas mudando os complementos! 😉

 

Mude a cara do seu look usando mesma peça com acessórios diferentes (Foto: Reprodução Pinterest)

E eu não vou comprar nada novo?

Calma! A ideia desse post é ajudar vocês a não gastar mil dinheiros comprando roupas de grávida que talvez nem gostem tanto e que acabam comprando meio que por reflexo. E, se for o caso de comprar alguma coisa, queremos ajudá-las a fazerem escolhas inteligentes e a comprar somente o que realmente faz sentido, ou seja, o que vai ser usado durante a gestação e com chances de ser reaproveitado no pós-parto. Por isso, anote aí algumas dicas finais sobre o tema:

– Se precisar comprar partes de baixo, opte por tecidos molinhos e com cintura regulável;

– Se precisar comprar partes de cima, prefira tons neutros para garantir versatilidade. Dê uma chance aos “neutros coloridos” (azul marinho, bordô, verde militar e mostarda): as peças nesses tons são mais fáceis de diversificar do que aquelas com cores coloridas. Além disso, podem criar looks mais interessantes do que os “neutros clássicos” (branco, preto e cinza);

– Se precisar comprar roupas para ocasiões especiais, dê preferência por tecidos que tenham um pouco de elastano ou modelagens que sejam fáceis de ajustar. Assim você poderá usá-las novamente sem o barrigão (vai que alguém te convida pra ser madrinha de casamento com 8 meses de gravidez? Aconteceu com a Carol, duas vezes!).

Se for convidada para alguma festa mais formal, escolha um modelo que possa ser ajustado depois (Foto: Reprodução Pinterest) 

Se você gostou das dicas e está precisando de mais ideias para recuperar seu estilo e conseguir ficar pronta e linda mesmo na correria do dia a dia, clique aqui e conheça o nosso programa completo e online de consultoria de estilo. Você vai amar!

Um beijo,

Carol Caliman e Carlinha Catap

 

  • Carol Caliman e Carlinha Catap

    Sócias e fundadoras da Assinatura de Estilo, empresa de consultoria de estilo voltada para a mulher da vida real. Carol é mãe da Marina e do Rafael e Carlinha é mãe do Felipe

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)