Como aplicar o feng shui na decoração do quarto do bebê


Natália Folloni
por: Natália Folloni

berco_fengshui_babygaga

O berço deve ficar longe da porta, de acordo com o feng shui (Foto: Reprodução Pinterest / Babygaga)

O feng shui é uma técnica milenar chinesa de harmonização dos ambientes, que pode ser aplicada em qualquer cômodo da casa – e por que não no quarto de bebê? A prática se baseia na ativação dos chamados guás – partes da casa que representam os setores da vida de quem vive ali. Existe o guá da prosperidade (representado pela cor púrpura), do sucesso (vermelho), da família (verde), da espiritualidade (azul claro), do trabalho (preto), dos amigos (cinza), da criatividade (branco) e dos relacionamentos (rosa). Para ativar o guá da saúde, que é o centro do ambiente, é preciso que todos os outros guás atinjam um equilíbrio.

Sobre o quarto do bebê, a arquiteta e especialista em feng shui, Karla Pimentel, comenta que a criança tem de se sentir recebida em casa. “O quarto é o ambiente dela, então, o local tem de estar em perfeita harmonia. Não basta só você ativar o espaço com elementos de decoração e cores, mas é muito importante, de acordo com o feng shui, a intenção”, complementa. Ou seja, cada detalhe a ser escolhido deve ter um objetivo por trás, segundo os seus desejos. Confira cinco dicas, a seguir, para harmonizar o quarto do seu bebê segundo o feng shui.

1. Coloque o berço rente à parede

O berço jamais pode estar debaixo de janelas ou com seus pés direcionados para a porta de entrada do quarto, já que fica visualmente desarmônico e pode expor o bebê mais facilmente a entradas de ar. Melhor deixá-lo rente à parede, em posição diagonal à parede onde se encontra a porta. Também não é indicado que se espelhos no quarto, uma vez que podem alterar o equilíbrio energético do ambiente ao refletir a energia. Já uma fonte de água, que ajuda a umidificar ambientes secos e acalmar o bebê (pelo barulhinho), é muito bem-vinda.

2. Prefira tons pastéis

As cores básicas desse ambiente são as mais neutras, os tons pastéis. Para escolher a cor do quarto, é importante saber em que guá da casa ele está localizado. Se estiver no guá da família, por exemplo, isso indica que tons de verde são perfeitos para a harmonização – além de ser uma cor de saúde e purificadora. Como os tons de azul são muito calmantes, essa cor é mais indicada para crianças agitadas, que têm mais dificuldade para dormir. Já para crianças muito tranquilas, os tons de amarelo podem ser uma ótima escolha.

3. Mantenha o quarto sempre limpo

A decoração deve evitar objetos que contribuam para alergias, como bichinhos de pelúcia. É importante que o quarto esteja sempre arejado, limpo e organizado. Antes de iniciar um trabalho de feng shui, a assepsia do local é o primeiro item a ser pontuado pelos especialistas da técnica.

4. Cuidado com inclinações

Inclinações de telhado devem ser evitadas, já que a energia tende a ficar mais concentrada nesses locais, assim como em curvas menores, segundo o feng shui. Para que a energia se dissipe rapidamente, tetos retos são mais aconselháveis.

5. Escolha uma poltrona de amamentação

A amamentação, além dos benefícios à saúde, é importante para manter a conexão entre mãe e bebê também. Nesse caso, a decoração também pode ajudar ao oferecer conforto para ambos. Nesse caso, Karla indica a poltrona estilo berger.

  • Natália Folloni

    Nossa repórter adora crianças e acredita que uma mulher pode ser a melhor mãe do mundo sem abrir mão de sentir-se linda e realizada

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)