5 tratamentos de beleza para evitar na gravidez


Dra. Carla Bortoloto
por: Dra. Carla Bortoloto
Médica especializada em dermatologia clínica e cirúrgica

Grávida? Fique atenta aos tratamentos estéticos que devem esperar (foto:123TRF)

 

Você sabia que existem produtos e procedimentos estéticos que devem ser evitados durante a gravidez e a amamentação? Isso porque alguns deles podem prejudicar a formação do feto e outros ainda não possuem evidencias científicas suficientes que provem sua segurança durante o período gestacional e na amamentação.

Na dúvida, o melhor é incluir no check-up pré-gravidez uma visita ao dermatologista, para saber o que está proibido. Abaixo cito alguns deles:

1- Fique longe dos retinóides!

Pensando em engravidar? Melhor ler a formulação de seu creme antirrugas e verificar se ele possui retinoides (ácido retinoico, retinol, retinaldeído). A substância deve ser abolida por gestantes e lactantes,  uma vez que estudos já o associam à má formação fetal.  Para manter a pele livre de ruguinhas e linhas de expressão, produtos à base devitamina C, vitamina E, DMAE, e ácido glicólico, podem ser utilizados durante o período.

 

2- Melasma: hora de evitar, mas não tratar

Redobre o cuidado com a proteção solar durante a gravidez para evitar o melasma (hiperpigmentação da pele causada pela exposição ao sol associada à mudança hormonal ocorrida durante a gravidez). Mas caso essas manchas surjam na pele, o tratamento deverá esperar até o término da amamentação, ok? A partir daí, peelings, lasers, cremes antioxidantes e  clareadores, com ativos como hidroquinona, ácido kójico e ácido azelaico,  poderão ser empregados sem problemas.

 

3- Verrugas? Trate depois

Quando há indicação, algumas marcas na pele da futura mamãe devem ser removidas antes da gravidez. Esse é o caso de verrugas em regiões, como pescoço, abaixo dos seios e próxima aos olhos, que podem aumentar em número e tamanho durante a gestação. Além disso, caso a opção para a retirada seja a cirurgia, o procedimento, apesar de simples, pode envolver riscos com anestesia, sangramento e infecções. Tudo o que a futura mamãe não quer.

 

4- Dê um tempo nos preenchimentos

Rugas e linhas de expressão terão que esperar. Preenchimentos com toxina botulínica e ácido hialurônico são contraindicados durante a gestação, por não existir ainda estudos sobre os possíveis efeitos colaterais em grávidas. Então, caso esteja planejando realizar um procedimento destes, o ideal é fazê-lo antes de engravidar ou após o período de amamentação.

 

5- Celulite, flacidez e gordura localizada podem esperar

Tratamentos que utilizam radiofrequência também são desaconselhados na gravidez. Isso porque as ondas de rádios emitidas pelo aparelho podem interferir na formação fetal.

 

  • Dra. Carla Bortoloto

    Médica especializada em dermatologia clínica e cirúrgica, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC), ela acredita no papel fundamental das mães em passar aos filhos a importância dos cuidados com a pele, cabelo e unhas

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)