Volta às aulas: como conservar as frutas na lancheira


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe

Cortar com faca de cerâmica, embalar em plástico filme e guardar em potinhos escuros estão entre as dicas testadas e aprovadas (foto: Etc & Mãe)

Na hora de preparar a lancheira, incluir frutas é muito importante. Mas aí vem a questão: como mandar cortadinhas sem deixar que escureçam? Conversamos com a Edi, que escreve o Blog Etc & Mãe e compartilha, diariamente, em suas redes sociais, as lancheiras criativas que prepara para os três filhos. E ela vai ajudar a gente:

It Mãe: Edi, quando a fruta escurece, ela perde as propriedades nutricionais?

Edi: O escurecimento das frutas não causa alteração nas propriedades dos alimentos num primeiro momento, alterando somente a aparência.

Algumas frutas, especialmente as de polpa branca, como maçãs, peras e bananas, tendem a escurecer quando cortadas, mas, de acordo com especialistas, isso ocorre devido a uma reação de oxidação de certos compostos existentes nas células destes alimentos em contato com o oxigênio do ar.

Assim, de uma maneira mais fácil de a gente entender, elas escurecem porque algumas enzimas e pigmentos presentes no interior das frutas, quando em contato com o oxigênio, mudam de cor.

Leia mais: 10 ideias para montar uma lancheira com amor.

It Mãe: Evitar o escurecimento é possível?

Edi: Sim, algumas atitudes podem ajudar a retardar e até a evitar o escurecimento ou a mudança na coloração da fruta.

Vejam estas dicas práticas:

  1. Gotejar limão: o ácido cítrico e o ácido ascórbico presentes no limão impedem a ação imediata dos polifenóis e retardam a oxidação (o suco da laranja pode produzir o mesmo efeito);
  2. Mergulhar a fruta em água ou suco de limão: ao mergulhar na água, já evitamos o contato com o oxigênio, mas para colocar na lancheira, temos que tirá-la da água. Então, o contato com o limão protege por mais tempo, retardando a oxidação;
  3. Cortar a fruta com faca de cerâmica: segundo especialistas, o contato com metal favorece o escurecimento. Então, se puder evitar as facas comuns, melhor. As de cerâmica são quimicamente neutras e, por isso, ajudam a não oxidar, nem escurecer as frutas;
  4. Manter as partes da fruta “presas” entre elas: com utilização de um elástico ou envolvendo a fruta toda em plástico filme. Depois de cortar a fruta, basta encaixar as partes de volta e prender, pois se o maior causador do escurecimento é o contato com o oxigênio, prendê-las pode impedir o contato com o ar (exemplo na imagem abaixo);
  5. Picar a fruta próximo ao horário de ir pra escola:  as frutas não escurecem tão rapidamente quanto pensamos, então, preparar pouco antes de a criança sair de casa, evitará que esteja escura na hora do lanche.
  6. Mandar as frutas para escola em recipientes escuros O contato com e luz também ajudam no escurecimento, então, evitá-los, pode retardar o processo.

It Mãe: E de todos, qual é o melhor método para conservar?

Edi: Para conferir isso, fiz uma experiência com frutas claras, que mostrei na Live Maçã na lancheira escurece mesmo?

Na Live, as frutas que menos escureceram foram aquelas cortadas com faca de aço inoxidável, guardadas em um potinho e mantidas em local fresco (não geladeira). Quase 12 horas depois, a cor estava levemente alterada.

Assim, a melhor sugestão é evitar a claridade, usando vasilhas escuras quando mandar frutas que escurecem com mais facilidade, e evitar o contato com o ar, tampando-as assim que cortar, ou embalando-as em plástico filme ou prendendo as partes cortadas entre elas.

 

Ainda tem dúvidas? A Edi é autora do e-book ABC da Lancheira Escolar que pode te ajudar com todas as dúvidas sobre lanches. Baixe agora!

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)