Segurança é tudo nas fotos de newborn


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe
O bebê está pendurado? Nããão. Por dentro do nó, tem a mão da mãe segurando o pequeno. E, logo abaixo dele (um centímetro abaixo), fica um enorme pufe, que é apagado com Photoshop. Tudo para a segurança do bebezinho (foto: Vivi Guimarães)

 

A fotógrafa australiana Anne Geddes lançou a moda das fotos de recém-nascidos e o mundo copiou. Aqui no Brasil, elas estão cada vez mais populares e, por isso mesmo, cada vez aparecem mais e mais fotógrafos oferecendo esse tipo de ensaio. O que nem todo mundo sabe é que não basta conhecimento  técnico de fotografia para fazer essas fotos. É preciso também saber sobre a fisiologia do bebê e tomar vários cuidados em relação à integridade física do pequenino. Aliás, como você vai ver aqui, algumas das fotos mais lindas são montagens – caso contrário, colocariam em risco o bebê. Há diversos cursos sérios para isso, principalmente fora do Brasil. Conversei com Vivi Guimarães, fotógrafa superespecializada em recém-nascidos, com milhões de especializações nessa técnica e ela topou me contar quais são os cuidados essenciais que um profissional deve tomar antes e durante a sessão de fotos. Leia tudo para escolher um profissional de alto nível:

 
  • O estúdio deve estar com temperatura entre 28 e 30 graus. Um termômetro à vista mostra que o fotógrafo realmente se preocupa com isso
  • É preciso respeitar o ritmo do bebê (mamadas e trocas de fraldas). E ter uma estrutura para as trocas.
  • Manter ao lado do bebê um aparelhinho simula o som que ele ouve quando está no útero ( é o mesmo barulho que a gente ouve no ultrassom).
  • Todos os “props” (nome dado aos acessórios, mantas, gorrinhos… e outros objetos usados para montar as produções das fotos) devem ser de material próprio para bebês, pois eles não dão alergia. Certifique-se de que tudo é lavado após cada sessão com produtos próprios (ou seja, neutros, como sabão de coco)
  • A segurança do bebê sempre é prioridade. Um bom profissional sempre pergunta aos pais se o bebê tem alguma restrição médica.
  • Importantíssimo: a maioria das imagens com poses “impossíveis” para os bebês são montagens e/ou fusões feitas no photoshop. Veja alguns exemplos nas fotos deste post
  • Nem todos os bebês ficam em todas as poses!!  Eles já têm suas preferências!  E isso também tem de ser respeitado.  
 
O bebê está todo enroladinho na manta, mas a mão da mãe fica segurando o corpinho dele… (foto: Vivi Guimarães)

 

… depois, com o programa de computador Photoshop, a fotógrafa tira a mão da mãe e a foto fica assim (foto: Vivi Guimarães)

 

O bebê só fica nessa posição até os dez dias. “Depois, é perigoso forçar”, avisa Vivi (foto: Vivi Guimarães)

 

 

 
 
 
  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)