Mantas e roupas para bebês à prova de mosquitos


Malu Echeverria
por: Malu Echeverria

roupa_repelente_nutti

Microcápsulas com óleos repelentes são adicionadas aos tecidos (Foto: Divulgação/Nutti)

Com a chegada do verão, aumenta a preocupação das mães para proteger os bebês contra as temíveis picadas de mosquitos. Agora, elas podem contar com mais um aliado: mantas e roupas com ação repelente. Funciona assim: microcápsulas (também chamadas de nanocápsulas) de óleos de plantas conhecidas por afastarem insetos, como a citronela, são adicionadas às fibras dos tecidos. “Uma das vantagens é que, ao contrário dos repelentes comuns, tais tecidos podem ser usados por bebês menores de seis meses”, explica Gabriela Benvenutti, proprietária da Nutti, uma das pioneiras a vender mantas com esse tipo de tecnologia no mercado brasileiro.

Os tecidos são eficazes até mesmo contra o Aedes aegypti, conforme garante a NanoProtect, marca que acaba de lançar uma linha de roupas para bebês com essa proposta. Além da citronela, as peças da linha possuem também cápsulas com lanolina e manteiga de karité, com o objetivo de hidratar a pele. Os produtos, entretanto, perdem o efeito protetor com o tempo, independentemente da marca. “A média de durabilidade dos ativos é de vinte lavagens”, afirma Christine Pereira, diretora de criação da NanoProtect. E, assim como as roupas com proteção solar não substituem o uso de protetor e chapéu na praia, tais roupas e mantas com ação repelente são apenas um complemento para proteger os pequenos contra insetos, ok?

  • Malu Echeverria

    Jornalista, mãe do Gael e redatora-chefe do It Mãe. Para ela, é essencial colocar a máscara de oxigênio primeiro na gente, depois na criança

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)