Tarefas que as crianças podem fazer


Ingrid Lisboa
por: Ingrid Lisboa
Especialista em organização residencial e pessoal, consultora e palestrante

crianca_tarefas_homeorganizer

Meu filho, aos 9 anos, já ajuda a preparar o jantar (Foto: Home Organizer)

Sou super defensora da autonomia de toda a família em relação às tarefas domésticas, especialmente de nossas crianças. Acho realmente que faz muita diferença criarmos meninas e meninos independentes e autônomos, que saibam se virar sozinhos em casa, seja na limpeza, na cozinha ou nos cuidados com as roupas. Sim, quando adultos eles poderão ter ajuda de funcionários, se quiserem e puderem. Mas estou certa de que, sabendo o trabalho que dá cuidar da casa e de suas coisas pessoais, eles vão aprender a valorizar qualquer tipo de ajuda que possam ter.

E porque acredito que hábitos bons podem ser construídos desde bem cedo, vou compartilhar com você as tarefas que as crianças podem fazer de acordo com a idade. É evidente que algumas terão mais ou menos habilidade para cada atividade, até porque muitas dependem da coordenação motora do pequeno. Portanto, vale adaptar a tabela ao dia a dia da sua casa, certo?

  • 2 a 3 anos: organizar brinquedos junto com os pais, dar comida para cachorro, colocar roupa suja no cesto, dar o prendedor de roupa para os pais colocarem peças no varal.
  • 4 a 5 anos: lavar louças plásticas, redobrar roupas, arrumar cama, varrer pequenos espaços, regar plantas.
  • 6 a 7 anos: cozinhar com os pais, manter brinquedos em ordem, arrumar mesa, fazer seu próprio lanche, organizar a mochila, ajudar nas compras de supermercado (com lista).
  • 8 a 9 anos: aspirar ou varrer o chão, trocar lençois, guardas as roupas já passadas, cozinhar refeições simples, ser responsável pela organização de mochilas e brinquedos, fazer mala com supervisão do adulto.

OK, Ingrid. Mas colocar isso em prática? Minhas dica é, em primeiro lugar, não ter pena da criança! Muita gente tem dó de delegar tarefas para os filhos, alegando ter pena deles. E confesso que não entendo o porquê. Afinal, por que ter pena de crianças saudáveis e ativas que, na verdade, estão apenas aprendendo a ter autonomia no próprio ambiente em que vivem? Por que ter receio que elas aprendam a cuidar das próprias coisas?

Além disso, seja o exemplo. De nada adianta querer inserir os filhos nas tarefas se os pais também não participam. Neste caso, o importante será inserir toda a família nas atividades, mesmo que seja apenas aos finais de semana, por exemplo. Isso porque, como toda mãe sabe bem, as crianças não costumam fazer exatamente o que mandamos, mas sim copiar o que nós fazemos.

logo home organizer

Já está me seguindo no instagram? @ingridlisboa.homeorganizer

  • Ingrid Lisboa

    Para a mãe do Emiliano e criadora da consultoria Home Organizer, o segredo de uma casa em ordem é descomplicar. Ela escreve no canal Tudo organizado

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)