Como bonificar a empregada ou babá no final de ano


Daniela Folloni
por: Daniela Folloni
Jornalista fundadora e diretora de conteúdo do Portal It Mãe

Com a chegada do final do ano pode surgir a dúvida sobre qual é a melhor maneira de bonificar a babá ou empregada que trabalhou na sua casa o ano todo. Além do 13º, que é obrigatório, existem opções como vale em dinheiro, presente ou cesta básica.

A advogada trabalhista Bruna Leite afirma que benefícios extras oferecidos com frequência que não são exigidos por lei, como uma cesta básica, passam a ser considerados parte do salário e podem virar uma obrigação. “Uma vez parte do salário, o benefício não pode ser retirado, portanto é importante que o contratante peça para o funcionário assinar um recibo especificando do que se trata a bonificação eventual”, explica.

Regiane Franco Gonçalves, dona da agência de babás e empregadas Kanguruh, conta que o valor da bonificação em dinheiro  deve representar 20% do salário do funcionário. “Esse dinheiro deve ser suficiente para que a pessoa faça as compras da ceia de final do ano, por exemplo”.

“Já em caso de presentes, o ideal seria algo pessoal como uma roupa, um sapato. Não é legal dar cartão presente ou estipular um valor, pois a funcionária não precisa saber quanto custou o presente recebido”, diz.

Para a cesta básica não ficar muito sem graça, Regiane sugere que seja dada uma cesta de Natal, com itens como panetone, aves congeladas e frutas secas. “A contratada deve sentir que está ganhando um ‘muito obrigada’ pelos serviços prestados e ganhar algo que seja voltado para o seu bem-estar ou de sua família”, finaliza.

  • Daniela Folloni

    Jornalista, mãe de Isabela e Felipe, trabalhou nas revistas Vogue, Cosmopolitan e Claudia. Acredita que toda mãe merece sucesso, diversão, romance e oito horas de sono

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)