Protetor solar nas crianças: como e quando passar


Vanessa Radonsky
por: Vanessa Radonsky
Pediatra do Fleury Medicina e Saúde

Além de passar protetor solar, deixe seu pequeno brincar na sombra principalmente das 10h às 17h, quando o sol é mais forte (foto: It Mãe)

Férias e muito sol. Não tem jeito. Precisa passar protetor solar nas crianças. E reaplicar sempre. Toda mãe sabe disso, mas não custa relembrar algumas regrinhas. A partir dos seis meses, já pode usar! Essa é a idade mínima para começar o uso do filtro solar. O indicado para os bebês menores é mantê-los na sombra com camisetas e chapéu, principalmente das 10h às 17h, quando o sol é mais forte.

O fator de proteção solar (FPS) indicado para crianças é sempre acima de 30. Caso a pele seja muito clara, o melhor é optar por um FPS maior do que 40. É preciso também ficar de olho no tempo que leva para o protetor penetrar na pele: é preciso esperar 30 minutos após passar o produto para depois se expôr ao sol. 

Reaplique o produto a cada duas horas, já que as crianças costumam transpirar muito. Se forem brincar na água, a reaplicação deve ser feita também após os banhos de mar e piscina.

O protetor ideal é aquele que bloqueia tanto os raios UVA como os UVB (raios ultravioletas). É fundamental escolher um produto específico para crianças, levando em consideração também a idade delas, pois isso ajuda a evitar que algumas substâncias irritem a pele sensível do bebê. O filtro solar infantil deve ser utilizado até pelo menos os 12 anos de idade.

Outro cuidado com o sol é levar um chapéu com abas para proteger o rosto. Bonés não são boa opção porque não cobrem a nuca nem as orelhas. A partir do oitavo mês, compre também óculos de sol. 
Deixe que seu filho fique embaixo do guarda-sol vestindo uma camiseta de cor escura, de algodão. Evite, ainda que ele fique exposto ao sol das 10 às 17 horas.

 

  • Vanessa Radonsky

    Pediatra do Fleury Medicina e Saúde, tem especialização em Endocrinologia Pediátrica pelo Instituto da Criança – HCFMUSP e é pós-graduanda em Endocrinologia e Metabolismo Ósseo pela UNIFESP. É mãe da Letícia e da Beatriz.

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)