O que fazer com os vídeos das férias


Isabel Malzoni
por: Isabel Malzoni

criança_neve

Ao filmar, deixe o celular na horizontal, como no cinema: assim é melhor de editar e assistir (Foto: 123RF)

O bom dos celulares modernos é que conseguimos captar boas imagens, sejam fotos ou vídeos, a todo momento. O lado ruim da mesma moeda é que logo ficamos com os aparelhos cheios de arquivos e sem saber o que fazer com eles. Para nos ajudar a lidar com os muitos vídeos das crianças feitos durante as férias (e com aqueles que se acumulam nos celulares das mães diariamente), conversamos com a jornalista multimídia e documentarista Luisa Leme. A seguir, ela dá dicas práticas de organização e edição, confira.

O mais importante (e o mais difícil): organize

  • Guarde seus vídeos na nuvem. Ao deixá-los no computador você logo ficará sem memória e ainda corre o risco de perdê-los, em caso de defeito, perda ou roubo.
  • Os serviços de armazenamento na nuvem mais usados são o Google Drive e o Dropbox. Para fotos, você ainda pode utilizar o Google Fotos, que é ilimitado e gratuito, mas saiba que ele reduz automaticamente a resolução das imagens.
  • Não guarde em CDs ou DVDs. Essas mídias estragam com o tempo.
  • Organize os vídeos por data e ocasiões. É trabalhoso, mas compensa, porque com o passar do tempo a quantidade de arquivos vai ser muito grande e se tornará difícil encontrar o que precisa.

Edite!

Às vezes, os inúmeros minutos gravados do seu bebê experimentando frutas ou todos as tentativas de fazer gol do seu filho não sejam assim tão interessantes para os outros assistirem. Mas escolha as melhores cenas, acrescente um pouco de música e ritmo e, voilá, você tem um vídeo divertido de assistir e compartilhar! Não tem ideia de como fazer? A boa notícia é que há aplicativos que ajudam nessa tarefa, mesmo que você não tenha nenhum conhecimento prévio. Conheça alguns:

  • Magisto: é um dos apps mais legais para editar vídeos porque ele ajuda a “contar a história”. Você simplesmente faz upload dos vídeos que quer editar, escolhe um tema, uma música e pronto! Dá pra usar no computador (magisto.com), no tablet ou no celular.
  • Quik: esse é fácil e rápido, embora mais simples. Dá pra editar um vídeo em 10 minutos no seu celular.
  • Splice: Esse é o aplicativo da câmera GoPro. Permite que você adicione textos, transições, músicas. Oferece mais opções de edição que os anteriores (mas também dá mais trabalho, claro).
  • iMovie: é o editor de vídeos mais “amador” da Apple (tanto no celular e computador), simples de usar.

Contrate ajuda, se preferir

Pode ser que você ache muito chato ou difícil editar os vídeos, ou que eles não ficaram tão bons assim. Talvez seja até o caso de recorrer a um profissional de edição. Por quê não? Mas não perca de vista o propósito desses vídeos e desse trabalhão que você está tendo: é tudo pelas memórias. O que vale mesmo são as lembranças, como naqueles VHS que seu pai fez e que você adora assistir, mesmo eles não sendo tão bem feitos assim. Um exemplo é a Vendo Vídeo Kids, de São Paulo.

Dicas para um vídeo perfeito

Ok, talvez essas dicas não sirvam pros vídeos que você já tem, mas poderá ser muito útil para a edição dos próximos:

  • Capriche nos ângulos e nas perspectivas: tente fazer uma tomada mais aberta, onde se enxerga o local e o contexto daquele filme, outra mais fechada na criança (ou objeto de atenção do filme) e ainda um close no rosto. Essas variações tornam qualquer filme mais interessante;
  • Quando apertar o botão para começar a gravar, segure por pelo menos 10 segundos. Cenas muito rápidas são difíceis de aproveitar na edição;
  • Filme na horizontal, que é a melhor posição (como no cinema!) para editar e assistir;
  • Você pode comprar lentes extras pro celular, que fazem zoom ou imagens macro, por exemplo;
  • Considere usar um “pau de selfie” ou um pequeno tripé para maior estabilidade e definição das imagens.
  • Isabel Malzoni

    É jornalista e sócia da Editora Caixote, que publica livros infantis interativos, como Pequenos Grandes Contos de Verdade, finalista do Prêmio Jabuti. Mãe de Diego, divide-se entre os cuidados com o bebê, descobertas culinárias e muitos, muitos textos

    Isabel Malzoni é

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)