4 coisas que seu filho ganha com o esporte (além da saúde)


Isabel Malzoni
por: Isabel Malzoni

menino_natacao

Qualidades como disciplina e superação surgem na prática esportiva e são levadas para o dia a dia (Foto: Freeimages)

O esporte traz inúmeros benefícios à saúde de uma criança, não há questionamento. Ele ainda diverte e ajuda a dormir melhor. Mas não é só isso. O esporte desenvolve qualidades e atitudes que podem ser úteis para o resto da vida. “Sabe aquela história das pessoas dizerem que o esporte direciona para o caminho certo? É bem por ai. Quem treina desde cedo reforça valores importantes e aprende a correr atrás do que quer”, acredita Neno Garó, 39, técnico, professor e nadador profissional. Ele e sua esposa, a fisioterapeuta Daiane Garó, 34, nadam desde a infância (ela desde os 4!) e detém alguns recordes brasileiros e sulamericanos na categoria master. Pretendem estimular o filho, o pequeno Breno, que tem 8 meses, a praticar esporte, mas não apenas para que ele eventualmente se torne um atleta. Aqui, eles listam as qualidades que acreditam ter aprendido com o esporte – e que são muito importantes até para quem não tem muita habilidade.

1) Disciplina

Obedecer as regras, ser assíduo, abrir mão (de outros programas, do ócio, de comer besteira, por exemplo) e fazer a mesma coisa inúmeras vezes até se tornar melhor. O esporte ensina disciplina como nenhuma outra atividade. Claro que você pode aprender a ser disciplinado em casa e na escola, mas, no caso do esporte, o aprendizado não acontece por obrigação, mas sim pela satisfação que se obtém com as conquistas. Essa é a diferença. A partir dessa qualidade, surgem outras igualmente importantes, como persistência e responsabilidade.

2) Superação

O esporte está cheio de histórias de superação e de bons exemplos, tanto entre os ídolos (são tanta histórias lindas de atletas que deram tudo para chegarem à vitória! Os jogos Olímpicos estão aí para não me deixar mentir), quanto nas próprias escolas de esportes. Ao colocar uma criança em uma equipe esportiva, você estará proporcionando a ela a convivência em grupo com outras crianças empenhadas em progredir e com adultos que podem ajudar a ensinar bons valores.

3) Amor próprio

Para se tornar melhor no esporte, as crianças logo percebem que têm que comer bem e dormir cedo. Os adolescentes também precisam optar por não usar drogas, seja cigarro, álcool ou as drogas ilegais. Como o grupo todo opta pela vida mais saudável, fica mais fácil ir “contra a maré” dos amigos da escola que estão na fase de “experimentar”. Por isso, o esporte é um poderoso professor de auto-cuidado para os jovens, que por natureza ainda não se preocupam muito com a saúde (ah, a juventude!).

4) Comprometimento

Também podemos chamar essa qualidade de “trabalho em equipe”. Porque é uma oportunidade da criança aprender a se esforçar não só por si, mas por aqueles que contam com ela, como o professor e os colegas de equipe. Como resultado, dorme-se e acorda-se cedo num final de semana não apenas porque é uma obrigação, mas também porque os outros contam com você. E também, claro, porque se quer competir. E um pouco de competitividade positiva é importante pra vida. Por fim, todas essas qualidades também são levadas para o dia a dia fora das quadras!

  • Isabel Malzoni

    É jornalista e sócia da Editora Caixote, que publica livros infantis interativos, como Pequenos Grandes Contos de Verdade, finalista do Prêmio Jabuti. Mãe de Diego, divide-se entre os cuidados com o bebê, descobertas culinárias e muitos, muitos textos Isabel Malzoni é

Vale a pena dar uma olhada na minha seleção de produtos incríveis e serviços
 que facilitam sua vida de mãe ;)